Rio Negrinho

'Para a Câmara, é importante ter situação e oposição', declara Piska, eleito presidente do Legislativo de Rio Negrinho na manhã de hoje

Kátia de Oliveira
Foto: Kátia de Oliveira

Depois de eleito por dois mandatos consecutivos de vereador em 2008 e 2012, Arlindo André da Cruz, mais conhecido como "Piska", retornou à vida pública ao se candidatar e ser eleito em 2020 para mais quatro anos de legislatura.

E foi sua experiência política que usou como argumento para convencer os demais parlamentares a elegê-lo presidente da Câmara na primeira sessão extraordinária do Legislativo, que aconteceu na manhã de hoje.

Por cinco votos a quatro, ele venceu a disputa com a vereadora Roseli do Amaral, que também colocou seu nome à disposição. 

Na campanha eleitoral, Piska foi eleito pelo PP, partido da base de apoio do prefeito Caio Treml, do PL. Já Roseli é filiada ao PSDB, mesmo partido do ex-prefeito Julio Ronconi, candidato à reeleição também em 2020.

"Quero agradecer mais uma vez a todos vereadores pela confiança em mim depositada. Parabenizo a Rose participação, você é uma mulher guerreira. Para a Câmara é muito importante ter situação e oposição, isso só faz a Câmara ganhar crédito para que possamos debater e a comunidade venha a ganhar com isso", disse logo que saiu o resultado da votação.

Piska na sequência, convidou a vereadora Rose para ser sua vice-presidente na Câmara, porém ela não aceitou.

O cargo será ocupado por Nilson da Piccoli (PSDB ), eleito por unanimidade depois que a sessão foi paralisada e reiniciada porque num primeiro momento nenhum vereador havia demonstrado interesse em concorrer ao cargo.

Piska foi eleito com os votos de: Cassinho (PSD), Nilson da Picolli ( PSDB), Dido ( PL) e Alessandra Cristofolini ( PSL), além de seu próprio voto.

Roseli recebeu os votos de: Kbelo ( PSC ), Manuel Alves Neto ( DEM ) e Flávia Vicente (MDB), além de seu próprio voto.

Antes da sessão, na solenidade de posse dos eleitos, que também ocorreu na manhã de hoje, Piska declarou estar muito satisfeito com a eleição para seu terceiro mandato.

"Isso mostra que a população não esqueceu o meu trabalho nos oito anos em que estive vereador, lutando sempre pela comunidade".

Em seu discurso, ele pediu que o prefeito Caio Treml atenda sempre a população.

"Só peço para você atender a população. Não se esconda do povo, não minta que está viajando ou fazendo outra coisa, porque o povo cobra, então peço transparência. No mais, torço e acredito muito em você e no Pablo (vice-prefeito)".

Além de Piska e Nilson, a Mesa Diretora será composta por Alessandra Cristofolini ( PSL), primeira secretária e Cássio Alves ( PSD), segundo Secretário. Nilson também é do PSDB, partido do ex-prefeito Júlio Ronconi, que concorreu à reeleição em 2020. Alessandra elegeu-se pelo PSL, partido que lançou chapa pura com Coronel Fabiano e Erikson Wantowski, respectivamente candidatos a prefeito e vice na última eleição.



Banner-Jornais-Unidos-Pela-Vacina-180-x-210-px.png

anuncie_aqui.jpg

TM JORNALISMO LTDA. | (47) 3644-9395

Rua Otto Dettmer, 40, Bela Vista, Cep 89295-000, Rio Negrinho/SC

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Jornal do Povo