Entrevista Exclusiva com Deputado Silvio Dreveck

Jornal do Povo esteve no Diretório Estadual do Partido Progressista para conversar com Silvio sobre a volta aos trabalhos como deputado

Redação

No fim de tarde de segunda-feira, 11, começaram os rumores ao convite do Governador Carlos Moisés para o deputado Altair Silva assumir a secretaria da Agricultura. Esse convite, que envolve uma reformulação dos cargos do Executivo, abriu a possibilidade da volta de um deputado da região do Planalto Norte.  

Após reunião interna da cúpula do Partido Progressista, na terça-feira, houve a confirmação do convite e, consequentemente, da volta do deputado Silvio Dreveck para a Alesc, por ser primeiro suplente do partido.

Natural de Campo Alegre, Dreveck foi prefeito por dois mandatos em São Bento do Sul e foi eleito deputado por três mandatos. Neste período ajudou a trazer grandes avanços para toda a região norte do estado. Silvio concedeu uma entrevista exclusiva para o Jornal do Povo direto de Florianópolis, onde está ajustando os últimos detalhes para a posse, prevista para a próxima semana.

Jornal do Povo: Como o senhor avalia o trabalho realizado pelos governos na nossa região nos últimos dois anos?

Silvio Dreveck: Infelizmente foi muito triste quando após a eleição toda a região ficou sem representatividade na Alesc e na Câmara Federal. É claro que os demais deputados seguem trabalhando pelo estado, mas é natural atender mais a sua própria região. Antes estávamos junto com Mauro Mariani e Antonio Aguiar, então os três conseguiam conversar melhor com a região.

Jornal do Povo: Agora com a sua volta para a Alesc, quais os principais projetos que o senhor pretende trabalhar.

Silvio Dreveck: Agora, com tudo se confirmando, teremos algo próximo de 1 ano e 3 meses para trabalhar aqui na Alesc. Trabalharei na mesma linha e com os pilares que sempre defendi. Municipalismo, Estado Menor e Concessões. Mas principalmente, quero visitar os prefeitos da nossa região e entender o que eles precisam. Não adianta apenas ser uma visão minha, temos que trabalhar unidos para melhorar nossa região, então vou visitar todos e entender a demanda de cada município. Também iremos trabalhar em parceria com o Altair que assume a secretaria de Agricultura, pois nossa região é muito forte nessa área. Rio Negrinho, Mafra, Itaiópolis, Papanduva, e as demais cidades, poderemos trabalhar com o Altair junto ao Ministério.

A manutenção da Serra e de toda a rodovia também é algo que precisa ser melhorado. Não apenas reformas, mas ampliações de novas faixas, novos acessos, com rotatórias ou elevados e passarelas para pedestres.

O senhor teve muita influência na intermediação dos valores recebidos por Rio Negrinho para o Tratamento de esgoto e na área de Habitação do Bairro Vista Alegre. Entre tantos projetos nesses anos como deputado, quais os mais marcantes para Rio Negrinho?

As vezes grande parte do nosso trabalho está nessa parte de bastidores. Aquela vez do Esgoto Sanitário apresentamos o ex-prefeito Osni ao deputado Pizzolatti que conseguiu viabilizar o dinheiro para o sistema de tratamento de Esgoto. Pizzolatti também nos levou no ministério para conseguir o dinheiro do projeto para a Vista Alegre, mais de R$ 3 milhões.

Outra obra foi a SC-122 que, durante o Governo do Raimundo Colombo, apresentamos e sugerimos a interligação do Planalto Norte até o Vale. A obra já estava com uma parte aterrada e cortada, mas era preciso convencer o executivo que valia a pena escolher, entre tantos projetos, aquele para ser finalizado. Também foi assim para conquistamos a revitalização da Rodovia dos Móveis. Muito empenho e muita conversa para explicar os benefícios para toda a região.

Este será nosso trabalho no restante desse mandato. Conversar com os prefeitos e vereadores para escolheremos as prioridades deles e trabalharmos para melhorar nossa região.

Jornal do Povo: Neste ano, espera-se que seja votada a nova Reforma da Previdência Estadual. Como o senhor avalia esse projeto?

Silvio Dreveck: Esta é uma questão de grande importância para o Estado. Já avançamos muito nas gestões anteriores, mas ainda assim o rombo está alto. A discussão vai depender muito do projeto que será enviado pela equipe do Governador. Precisamos primeiro analisar o texto que será enviado.

Jornal do Povo: E após esse período de volta na ALESC, como será sua expectativa para a eleição de 2022. E o Senhor continuará à frente do partido?

Silvio Dreveck: Estou como presidente do Partido Progressista, mas este ano terá novas eleições e espero poder passar o cargo. Para a eleição do próximo ano, trabalhamos para poder continuar contribuindo. Ainda não da para saber se será uma disputa para deputado estadual ou para deputado federal, mas estou trabalhando para estar à disposição. Se for viabilizado, vou concorrer. Como falei, é muito importante para a região ter representantes que conheçam e trabalhem pela região.



Banner-Jornais-Unidos-Pela-Vacina-180-x-210-px.png

anuncie_aqui.jpg

TM JORNALISMO LTDA. | (47) 3644-9395

Rua Otto Dettmer, 40, Bela Vista, Cep 89295-000, Rio Negrinho/SC

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Jornal do Povo