Sofrimento Invisível

Mauro Cesar Telesphoros Stiegler - Psicólogo Clínico - CRP 12/17668

As concepções e práticas em relação à saúde mental voltadas ao cuidado e à uma vida qualificada, não comportam mais um olhar fragmentado que visa somente à doença. Busca-se uma prática assistencial, sobretudo de acolhimento e respeito, para um ser com sentimentos e valores embasados na dignidade humana e sua própria singularidade. 

Neste olhar integralizado é possível perceber que as pessoas sofrem psiquicamente por várias razões, dentre elas, os transtornos mentais incuráveis, tais como por exemplo as psicoses (esquizofrenias, transtorno de borderline, bipolaridade clássica).

É pertinente levarmos em consideração que o aparecimento de um transtorno mental grave e incurável, pode ocasionar inúmeras problemáticas no decorrer da vida, tanto de ordem emocional como até física. Física, sim, pois pode incapacitar para algumas atividades cotidianas; e emocional, porque pode afetar psiquicamente a vida do indivíduo, influenciando seu modo de ser e estar no mundo.

A saúde mental, hoje, é um aspecto extremamente importante para o bem-estar de todo ser humano. Percebe-se que o transtorno mental grave e crônico, provoca de fato alterações severas no cotidiano de quem o sofre.

A saúde mental dessas pessoas, como elas vivenciam essa experiência de vida, como lidam com esse problema e como é o convívio familiar frente a essa situação, podendo ou não, levar ao sofrimento físico e psíquico, dependendo do grau de comprometimento da família, é um dos desafios que a psicologia clínica enfrenta ao cuidar/tratar de pacientes com transtornos mentais severos. Por isso, cuidar do indivíduo significa estar atento a toda a sua dimensão enquanto ser humano, destarte, ao preocupar com a saúde mental estamos nos referindo a uma adaptação eficaz a fatores de estresse do ambiente interno e externo, o que é evidenciada por pensamentos, sentimentos ou comportamentos apropriados para a idade e congruentes com normas locais e culturais. Num modelo de saúde integrado e baseado na evidência, a saúde mental, onde incluem-se as emoções e os padrões de pensamento, emergem como determinante-chave da saúde geral.

Os transtornos mentais graves, geralmente levam as pessoas a desgastes constantes, e estes acontecem pelas suas características, quais sejam: caráter permanente e/ou recorrente, longa duração, incapacidade residual, dependência contínua de medicamentos, além do fato de quase sempre ser incurável, irreversível e em alguns casos até degenerativa.

Conviver com o indivíduo portador de transtorno mental grave e perceber seu sofrimento psíquico nos faz refletir que esta condição traz uma série de mudanças na vida, não apenas do portador, mas também de seus familiares que, muitas vezes, não estão preparados para compreender todos os aspectos que envolvem este problema.

Nesse sentido, torna-se urgente a valoração da saúde mental e seus desdobramentos e impactos na vida do indivíduo e do conjunto em que o mesmo se movimenta.

Há uma tendência de tornar extremo esse contexto; ou diagnostica-se e rotula-se o portador de transtornos mentais graves como incapacitado e até perigoso, ou desmerece o sofrimento quando não se enquadra em sintomas mais claros e perceptíveis.

Sofrimentos há, silenciosos e invisíveis, mas que experimentados ininterruptamente levam à estados deprimentes e insuportáveis para aquele(a) que sofre; afastamento da vida social, incapacidade para o trabalho, dependência e opções por suicídio são alguns fatores.

Há que se considerar o ser humano através de um olhar integral quanto a importância da sua saúde. Não há essencialidade e nem exceções quanto se uma ou outra doença apresenta caráter mais emergencial que outra em relação à importância de tratar a mesma.

Não é por que não há ferida exposta ou gemidos perceptíveis que não existe dor, sofrimento e risco de morte. A empatia pede lugar e voz, e nós poderemos hoje mesmo nos candidatar e exercitar olhares mais humanos e abrangentes, em relação à nós mesmo e dos nossos próximos mais próximos....

  Mas isso é apenas um, primeiro passo, no entanto imprescindível e valioso.



Banner-Jornais-Unidos-Pela-Vacina-180-x-210-px.png

anuncie_aqui.jpg

TM JORNALISMO LTDA. | (47) 3644-9395

Rua Otto Dettmer, 40, Bela Vista, Cep 89295-000, Rio Negrinho/SC

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Jornal do Povo