Nosso Jardim - 05

José Kormann

PARADA - 04

- O Caminho das Pedras -

Sempre existem também as duras realidades onde nem tudo pode ser transformado num lindo campo de roseiras em flor. Quantas dificuldades ao longo dos caminhos da vida: a fome, o frio, o medo, o desconhecido, as terras a serem cultivadas e que nunca dantes haviam sido trabalhadas, doenças, falta de recursos; tudo isso foi preciso vencer e se venceu. São as pedras nos caminhos que não estão lá por puro acaso. Tudo tem sua razão de ser e produz seus benefícios.

As dificuldades na sabedoria da superação se transformam em matéria prima no jardim da vida. O rionegrinhense jardim europeu, Parada - 04, nos fala algo da Velha Europa que assim aqui parcialmente se recria, se renova pela colheita de um grande saber brasileiro multigenêtico, pois: "Na natureza nada se cria, nada se perde e tudo se transforma."(Lavoisier)

As pedras são um convite à reflexão. Elas são as dificuldades existentes em nossa existência. Cada problema resolvido é mais um degrau na escalada da vida para um mundo cada vez melhor. É assim que as pedras são nossas dificuldades e amigas na jornada da vida. As pedras são problemas que se transformam em sabedoria. É por isso que a humanidade progride sem parar e o nosso Rio Negrinho também.

Quantas vezes ouvia-se o profetismo dos pessimistas clamarem a alto e bom som: agora ninguém mais salva Rio Negrinho; mas este Rio Negrinho nunca parou de crescer e nem vai parar de prosperar. É só aprender a transformar as pedras em sabedoria na firmeza e solidez dos bons caminhos.

Cada qual é ele só. Rio Negrinho não é e nem deverá ser cópia de outros municípios; pois cada qual é ele, ele só. O seu caminho de pedra sólido e firme é este. Este com sua psicologia única, seu povo específico, seu progresso tal qual o sempre fez e continuará fazendo.

É lógico que sempre há e haverá inovações a se fazer e estudar, pesquisar e elaborar. É, por exemplo, o lindo caso do NOSSO JARDIM. Quantas pessoas aí trabalharam e trabalham, quanto pensar daí já se colheu e que sempre novos frutos trarão para a prosperidade e a felicidade de todo.

O caminho das pedras. É até mesmo um período da Pré-história: a Idade da Pedra. Isso tudo se revive a seu tempo e do seu jeito. Tudo aqui também se viveu e se revive, mas nunca de modo igual.

Plantas europeias e plantas americanas. Povos daqui e povos de lá. Unidos na elaboração de um só povo novo e grande líder mundial: "Brava gente brasileira, longe vá temor servil." (Evaristo da Veiga)

Dizem que as flores facilmente nos adormecem e que as pedras nos despertam para a constante busca de novas e melhores realidades. Vamos lá.



Banner-Jornais-Unidos-Pela-Vacina-180-x-210-px.png

anuncie_aqui.jpg

TM JORNALISMO LTDA. | (47) 3644-9395

Rua Otto Dettmer, 40, Bela Vista, Cep 89295-000, Rio Negrinho/SC

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Jornal do Povo