A Igreja quer ouvir os jovens!

Em 1986, o Papa João Paulo II, criou as Jornadas Mundiais da Juventude, que edição após edição tornou-se o maior evento do mundo católico

Jaqueline Costa / Lívia Miranda / Fiama Valenga / Rosamaria Hahn

Em 1986, o Papa João Paulo II, querido e apaixonado pelos jovens, criou as Jornadas Mundiais da Juventude, que edição após edição tornou-se o maior evento do mundo católico, arrastando multidões, de país em país, em  todos os continentes. Seu sucessor, Bento XVI, em sua visita ao Brasil em 2007, fez questão de encontrar a juventude e, na ocasião, afirmou: “Vós, jovens, não sois apenas o futuro da igreja e da humanidade, como uma espécie de fuga do presente. Pelo contrário: vós sois o presente jovem da igreja e da humanidade. Sois seu rosto jovem!”. 
Nosso atual pontífice, o Papa Francisco, quer “desvendar” este rosto da Igreja e para isso convocou a 15ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos para outubro de 2018. Depois de debater sobre os desafios da evangelização e sobre a família, o próximo Sínodo terá como temática central: “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, com a finalidade de acompanhar os jovens em seu caminho existencial rumo à maturidade, para que, por meio de um processo de discernimento, “possam descobrir seu projeto de vida e realizá-lo com alegria, abrindo-se ao encontro com Deus e com os homens, participando ativamente da edificação da Igreja e da sociedade” (Documento Preparatório)
Mas como um grupo de bispos (já não tão jovens assim, sabemos) vai discutir sobre a juventude? Como obter informações sobre a atual realidade desta parcela da população? Como compreender a complexidade do jovem do século XXI? A resposta é simples: perguntando diretamente a eles! 
A preparação do sínodo começa com um questionário direcionado a jovens de 16 a 29 anos, cristãos ou não, que pode ser acessado via internet (endereço no final do artigo). O questionário aborda diferentes âmbitos da vida dos nossos tempos: relação com as redes sociais, sonhos, projetos de vida, engajamento político e social. 
“Assim como outrora Samuel (cf. 1 Sm 3, 1-21) e Jeremias (cf. Jr 1, 4-10), existem jovens que sabem vislumbrar aqueles sinais do nosso tempo, apontados pelo Espírito. Ouvindo as suas aspirações, podemos entrever o mundo de amanhã que vem ao nosso encontro e os caminhos que a Igreja é chamada a percorrer.” (Documento preparatório)
Então, jovens, vamos mostrar o rosto da Igreja? Você pode enviar suas respostas diretamente ao Vaticano por meio do link: http://youth.synod2018.va – O questionário está disponível em várias línguas e ficará no ar até novembro. Se quiser entender um pouco mais sobre o que será discutido no Sínodo, no site o Vaticano você também encontra o Documento Prepatório, com toda reflexão sobre o tema.



Banner-Jornais-Unidos-Pela-Vacina-180-x-210-px.png

anuncie_aqui.jpg

TM JORNALISMO LTDA. | (47) 3644-9395

Rua Otto Dettmer, 40, Bela Vista, Cep 89295-000, Rio Negrinho/SC

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Jornal do Povo